Você pode adicionar painéis solares a um sistema existente?

Você pode adicionar painéis solares a um sistema existente?

Quer adicionar painéis solares no seu projeto? Neste artigo, vamos detalhar cada uma das três opções, para que você possa decidir qual é a melhor solução para as suas necessidades.

Veja 3 alternativas disponíveis:

Se você já possui painéis solares instalados no seu telhado e deseja aumentar a potência do seu sistema fotovoltaico para utilizar mais energia ou reduzir a conta de luz? existem três alternativas disponíveis para você:

  1. Adicionar mais painéis solares ao seu sistema existente, utilizando o inversor atual.
  2. Comprar um inversor novo e maior e adicionar mais painéis ao sistema.
  3. Comprar um novo sistema fotovoltaico e instalá-lo próximo ao sistema original.

Opção 1: Adicionando Mais Painéis ao Sistema Existente

Você sabia que é possível adicionar até 20% a mais de painéis solares do que a potência pico nominal do seu inversor grid tie? Por exemplo:

Portanto, se o seu inversor é grande o suficiente, adicionar painéis solares é uma opção de baixo custo para aumentar a geração de energia.

Mas você deve estar se perguntando como isso é possível, já que o inversor limita a potência de saída. A resposta é simples: os painéis solares são testados em laboratório, onde as condições de teste são diferentes da vida real. Em um dia de muito calor, por exemplo, um painel solar de 260 Watts não produzirá mais do que 200 Watts.

Além disso, os painéis solares perdem eficiência com altas temperaturas, devido ao material semicondutor utilizado na maioria deles, como o silício.

Vamos utilizar um inversor de 3 kW como exemplo: geralmente, painéis solares de 3 kW atingem apenas 80% (2,4 kW) da sua potência nominal devido a perdas, sendo a maior delas relacionada ao calor. Portanto, ao adicionar 4 kW de painéis, considerando as perdas, a potência de pico será de 3,2 kW. Ou seja, você poderia utilizar um inversor de 3,2 kW para 4 kW de painel, economizando dinheiro. Dimensionar o seu inversor grid tie em 120% é uma maneira eficiente de aumentar a produção de energia solar sem investir muito.

Porém, é importante destacar duas ressalvas importantes:

A) Caso a instalação dos painéis adicionais seja realizada por uma empresa diferente daquela que instalou o sistema original, você pode perder a garantia da instalação.

B) É fundamental que o instalador encontre painéis solares iguais ou muito semelhantes aos que você já possui instalados. Caso contrário, o sistema pode não funcionar de maneira eficiente.

Se você deseja instalar mais painéis do que o seu inversor pode suportar (utilizando a regra dos 120%) ou não consegue encontrar painéis compatíveis, a próxima opção é:

Leia também: Custos e benefícios na geração de energia

Opção 2: Substitua o Seu Inversor Pequeno por um Inversor Maior e Adicione Mais Painéis

Pode parecer um desperdício de dinheiro e recursos substituir um inversor que está funcionando. No entanto, se você possui um inversor de baixa qualidade, esta pode ser uma oportunidade para substituí-lo por um inversor de primeira linha, como os modelos da SMA, Fronius ou ABB.

Outra razão para fazer essa substituição é adquirir um inversor maior e compatível com baterias. Dessa forma, assim que as baterias se tornarem mais acessíveis, você poderá adicionar um sistema de backup ao seu sistema fotovoltaico.

Ao decidir comprar um inversor maior, é importante considerar os seguintes pontos:

A) Com a evolução tecnológica dos painéis solares, pode ser difícil encontrar painéis extras compatíveis com o seu sistema fotovoltaico existente. Nesse caso, é necessário adquirir um novo inversor com 2 MPPT (duas entradas independentes), para que você possa instalar painéis diferentes, sem afetar o desempenho do seu sistema.

B) Se possível, compre o inversor da mesma empresa que realizou a instalação original, para não perder a garantia do sistema.

C) Caso você planeje adicionar baterias ao seu sistema, procure um modelo de inversor híbrido ou com protocolo de comunicação MODBUS.

Se você não deseja substituir o seu inversor existente, a terceira opção é:

Opção 3: Comprar um Sistema Fotovoltaico Novo e Instalá-lo ao Lado do Sistema Original

 Comprar um Sistema Fotovoltaico Novo e Instalá-lo ao Lado do Sistema Original

Essa é uma boa opção para quem deseja instalar um sistema novo, com painéis solares de última geração e garantia nova. Além disso, essa opção pode ser mais econômica, já que os instaladores não precisarão mexer na instalação existente e poderão instalar o novo sistema em paralelo ao sistema antigo.

Quer saber quanto custa para instalar energia solar? Faça um orçamento

Ao resumir as opções mencionadas:

1) Considere que você pode adicionar até 20% a mais de painéis solares do que a potência nominal do seu inversor grid tie. Essa opção pode fornecer um pouco de energia extra a um baixo custo.

2) Se você deseja aumentar a quantidade de painéis solares em 20% em relação à potência nominal do seu inversor grid tie, é possível substituir o seu inversor para permitir a adição de mais painéis. No entanto, esteja ciente de que essa opção pode ser surpreendentemente cara, pois não é tão simples quanto uma nova instalação. Caso você opte por comprar um novo inversor, procure por modelos híbridos ou com sistema de comunicação Modbus/SUNSPEC, pois será mais fácil adicionar baterias no futuro. Idealmente, tente utilizar a mesma empresa que realizou a instalação original para evitar perda de garantias.

3) Muitas vezes, é mais econômico adicionar um novo sistema fotovoltaico completo em paralelo ao existente.

Gostou deste artigo? Quer saber mais sobre energia solar fotovoltaica? Inscreva-se na nossa newsletter e receba os nossos artigos por e-mail: Inscreva-se aqui

O Investimento Verde: Como as fazendas solares estão mudando o cenário energético

As fazendas solares estão mudando o cenário energético, oferecendo uma fonte limpa, sustentável e sustentável de eletricidade.

O que exatamente é "O Investimento Verde"? Entenda lendo o nosso post.

O mundo está mudando, e também o nosso cenário energético. À medida que continuamos a enfrentar as consequências das mudanças climáticas, há uma necessidade crescente de fontes de energia limpas e sustentáveis. Uma das soluções mais promissoras é a iniciativa das fazendas solares. Esses vastos espaços de painéis fotovoltaicos estão conectados a forma como produzimos e consumimos eletricidade, com um impacto poderoso tanto no meio ambiente quanto na economia.

Como as fazendas solares estão mudando o cenário energético e quais são os benefícios que eles trazem? Neste artigo, exploraremos as últimas tendências e insights neste campo emocionante e descobriremos como investir em energia solar pode nos ajudar a construir um futuro mais brilhante e sustentável.

Introdução às fazendas solares

As fazendas solares são grandes áreas de terra onde são instalados painéis fotovoltaicos para gerar eletricidade a partir da energia do sol. Esses painéis são compostos por células solares que convertem a luz solar em eletricidade, que é então transmitida para a rede elétrica. Porém, o tamanho delas variam de alguns acres a milhares de acres, e elas podem ser encontradas em todo o mundo, desde o deserto do Saara até as encostas das montanhas.

As fazendas solares são uma forma altamente eficiente de gerar eletricidade, pois não emitem poluentes e não consomem combustíveis fósseis para operar. Além disso, elas têm um impacto muito menor no meio ambiente do que as usinas de energia tradicionais, que muitas vezes emitem gases de efeito estufa e outros poluentes.

Elas também são uma fonte de energia renovável e inesgotável, uma vez que a energia do sol é abundante e está sempre disponível. Isso significa que elas podem ajudar a reduzir a dependência de combustíveis fósseis e, ao mesmo tempo, garantir um abastecimento de energia constante, limpo e sustentável.

Vantagens

As fazendas solares oferecem várias vantagens em relação às usinas de energia tradicionais. Em primeiro lugar, elas são altamente eficientes na geração de eletricidade, pois não perdem energia na forma de calor ou outros resíduos. Isso significa que elas podem gerar eletricidade a um custo muito baixo em comparação com outras fontes de energia.

Além disso, são uma forma limpa e sustentável de geração de energia, pois não emitem poluentes ou gases de efeito estufa. Isso significa que elas têm um impacto significativamente menor no meio ambiente do que as usinas de energia tradicionais. As fazendas solares também são uma fonte de energia renovável e inesgotável, o que significa que elas podem ajudar a reduzir a dependência de combustíveis fósseis e garantir um suprimento de energia constante, limpo e sustentável.

No entanto, outra vantagem significativa é que elas podem ser instaladas em áreas remotas ou pouco utilizadas, o que significa que elas não competem com outras atividades humanas. Isso torna as fazendas solares uma opção atraente para áreas rurais ou desertas, onde a eletricidade é escassa ou difícil de obter.

O cenário energético em mudança

A energia solar é uma das formas mais promissoras de energia renovável, e as fazendas solares estão ajudando a sustentar a adoção dessa tecnologia. Nos últimos anos, tem ocorrido um aumento significativo no número de fazendas solares em todo o mundo, e elas estão se tornando uma fonte cada vez mais importante de eletricidade.

Isso é em parte devido à redução nos custos de instalação de painéis solares. Nos últimos anos, os custos dos painéis solares caíram significativamente, tornando a energia solar mais acessível do que nunca. Além disso, o aumento da conscientização sobre os perigos das mudanças climáticas e a necessidade de reduzir as emissões de gases de efeito estufa estão incentivando governos, empresas e indivíduos a investir em energia solar.

À medida que mais e mais fazendas solares são construídas em todo o mundo, elas estão mudando o cenário energético. As fazendas solares estão ajudando a reduzir a dependência de combustíveis fósseis e aumentar a capacidade de geração de energia renovável. Isso está levando a uma mudança na forma como pensar sobre a energia e como a produzirmos e consumirmos.

fazendas solares

O investimento verde

O investimento verde é um termo usado para descrever investimentos em empresas e projetos que visam melhorar a sustentabilidade ambiental e social. Isso pode incluir investimentos em energia renovável, eficiência energética, transporte limpo, gestão de resíduos e muito mais.

As fazendas solares são um exemplo de um investimento verde, pois são uma forma de geração de energia renovável e sustentável. Os investimentos em fazendas solares podem ajudar a reduzir a dependência de combustíveis fósseis e contribuir para a redução das emissões de gases de efeito estufa. Além disso, as fazendas solares podem gerar benefícios energéticos, como a criação de empregos e o aumento da receita para as comunidades locais.

Existem várias opções de financiamento disponíveis para investimentos em fazendas solares. Isso pode incluir isenções bancárias, como também investimentos diretos em empresas de energia solar ou a compra de ações em empresas de energia solar. Existem também programas governamentais que incentivam o investimento em energia solar, como incentivos fiscais e programas de incentivos.

O futuro da energia solar

O futuro da energia solar parece brilhante. À medida que os custos dos painéis solares continuam a cair, é provável que a adoção da energia solar continue a crescer. Além disso, os avanços na tecnologia de armazenamento de energia estão tornando a energia solar ainda mais atraente, tornando possível armazenar a energia solar gerada durante o dia para uso durante a noite ou em dias nublados.

Uma das tendências emergentes na energia solar é o empreendimento de fazendas solares comunitárias. Essas fazendas solares são propriedade de várias pessoas ou empresas e permitem que elas compartilhem os custos e benefícios da energia solar.

Desse modo, a energia solar se torna mais acessível para as pessoas e empresas que não possuem os recursos financeiros para construir suas próprias fazendas solares.

Estudos de caso de projetos bem-sucedidos de fazendas solares

Existem muitos exemplos de projetos bem-sucedidos de fazendas solares em todo o mundo. Um exemplo é a fazenda solar de Kamuthi, na Índia, que atualmente é a maior fazenda solar do mundo, com uma capacidade de 648 MW. Outro exemplo é a fazenda solar de Longyangxia, na China, que tem uma capacidade de 850 MW.

Nos Estados Unidos, a fazenda solar de Topaz, na Califórnia, é um exemplo de um projeto bem-sucedido de fazenda solar. A fazenda solar de Topaz tem uma capacidade de 550 MW e é capaz de fornecer eletricidade para mais de 160.000 casas.

Desafios e restrições das fazendas solares

Embora as fazendas solares tenham muitos benefícios, elas também apresentam desafios e limitações. Um dos maiores desafios é a necessidade de grandes áreas de terra para a instalação dos painéis solares. Isso pode ser um problema em áreas urbanas densamente povoadas, onde a terra é escassa e cara.

Além disso, as fazendas solares podem ser protegidas pelo clima, com a produção de eletricidade sendo protegida por dias nublados ou chuvosos. Isso pode ser um problema em certas regiões do mundo, onde o clima é frequente.

Outra limitação das fazendas solares é uma necessidade de armazenamento de energia. A energia solar é gerada apenas durante o dia, dessa forma, é necessário armazenar a energia gerada durante o dia para uso durante a noite ou em dias nublados. Isso pode ser caro e complicado, e é uma área de pesquisa ativa para melhorar a tecnologia de armazenamento de energia.

Regulamentações e políticas de fazendas solares

Regulamentações e políticas de fazendas solares

As fazendas solares são regulamentadas por uma variedade de leis e políticas em todo o mundo. Em muitos países, as fazendas solares são incentivadas por políticas governamentais que oferecem incentivos fiscais ou programas de incentivos para incentivar o investimento em energia solar.

No entanto, em alguns países, elas enfrentam desafios regulatórios, como a falta de acesso à rede elétrica ou a falta de incentivo financeiro.

Assim, é importante que os governos tomem medidas para facilitar o investimento em energia solar e remover barreiras regulatórias que possam impedir o crescimento das fazendas solares.

Conclusão

As fazendas solares estão mudando o cenário energético, oferecendo uma fonte limpa e sustentável de eletricidade. Elas oferecem muitos benefícios causados, incluindo a redução das emissões de gases de efeito estufa, a criação de empregos e o aumento da receita para as comunidades locais.

Portanto, embora elas enfrentem desafios e limitação, o futuro parece brilhante para a energia solar. À medida que os custos dos painéis solares continuam a cair, é provável que a adoção da energia solar continue a crescer, tornando-se uma fonte cada vez mais importante de eletricidade em todo o mundo.

Quer saber como adquirir sua fazenda solar? Clique aqui

Um futuro brilhante: os benefícios de investir em energia solar

Energia solar

Quais são os benefícios da energia solar? Descubra nesse post.

À medida que o mundo se torna mais consciente do impacto das atividades humanas no ambiente, a procura de fontes de energia sustentáveis e renováveis tornou-se mais urgente. Atualmente, a fonte de energia sustentável mais promissora é a energia solar.

Nesse contexto, sua utilização tem aumentado nos últimos anos, uma vez que oferece inúmeros benefícios, incluindo retornos financeiros, sustentabilidade, e impactos econômicos positivos. Dessa forma, vamos explorar nesse artigo, os benefícios de investir em energia solar.

O investimento fotovoltaico e o seu potencial de retorno

Uma das formas mais comuns de investir em energia solar é através da instalação de sistemas fotovoltaicos (PV); eles são concebidos para converter a luz solar em eletricidade que pode ser utilizada em casas, empresas e indústrias.

Um ponto positivo é que a instalação de sistemas fotovoltaicos é bem versátil e pode ser feita em telhados, parques solares, ou sistemas montados no solo. Além disso, o investimento num sistema fotovoltaico pode proporcionar retornos significativos nas faturas de energia, créditos fiscais e aumento do valor da propriedade.

O custo inicial da instalação de um sistema fotovoltaico pode ser elevado, mas a economia a longo prazo pode fazer dele um investimento que vale a pena. Vale ressaltar também que o custo dos sistemas fotovoltaicos diminuiu significativamente ao longo dos anos, tornando-o mais acessível para investimentos.

Além disso, alguns estados e países oferecem incentivos e descontos para a instalação de sistemas fotovoltaicos, reduzindo ainda mais o custo. O retorno do investimento (ROI) para sistemas FV varia dependendo de fatores tais como localização, tamanho do sistema e consumo de energia.

Contudo, estudos demonstraram que o ROI para sistemas fotovoltaicos residenciais pode variar entre 8-20%, enquanto que os sistemas comerciais podem variar entre 10-30%.

A indústria da energia solar e o seu impacto positivo na economia

A indústria da energia solar crescido rapidamente nos últimos anos, criado oportunidades de emprego e contribuído para o crescimento econômico. Segundo o Laboratório Nacional de Energias Renováveis, a indústria solar nos Estados Unidos empregava mais de 240.000 pessoas em 2019. Esse crescimento levou também ao desenvolvimento de novas tecnologias e inovações no campo.

Nesse contexto, o investimento em energia solar pode levar à criação de oportunidades de emprego na instalação, manutenção e fabricação de equipamento solar. Além disso, o crescimento da indústria solar pode estimular as economias locais através da criação de procura de bens e serviços.

O desenvolvimento de explorações solares pode também constituir uma fonte de rendimento para os proprietários de terras, especialmente nas zonas rurais. O impacto positivo da indústria solar na economia torna-a uma opção de investimento viável para governos, empresas e indivíduos.

Como funcionam os painéis solares e o seu impacto no consumo de energia

Os painéis solares são o componente primário dos sistemas fotovoltaicos, e funcionam convertendo a luz solar em eletricidade através do efeito fotovoltaico.

Quando a luz solar atinge os painéis solares, cria uma corrente eléctrica que pode ser utilizada para alimentar casas, empresas, e indústrias. A quantidade de eletricidade gerada depende da intensidade da luz solar, do ângulo dos painéis, e da eficiência dos painéis.

O investimento em energia solar pode reduzir significativamente o consumo de energia e baixar as contas de eletricidade. As casas e empresas que utilizam energia solar podem gerar a sua eletricidade, reduzindo a sua dependência da rede.

Além disso, o excesso de eletricidade gerada por painéis solares pode ser vendido de volta à rede, proporcionando rendimentos adicionais. A utilização de energia solar pode também reduzir as emissões de carbono, tornando-a uma opção sustentável e amiga do ambiente.

Como funcionam os painéis solares e o seu impacto no consumo de energia

O Futuro da Energia Solar e o seu Potencial de Crescimento

O futuro da energia solar é promissor, e o potencial de crescimento é enorme. A Agência Internacional de Energia (AIE) prevê que a energia solar será a maior fonte de electricidade até 2050, sendo responsável por 27% do mix global de electricidade. O crescimento da indústria solar será impulsionado por factores tais como avanços tecnológicos, custos em declínio, e políticas governamentais.

O investimento em energia solar pode proporcionar benefícios a longo prazo, uma vez que a procura de energia renovável continua a crescer. O crescimento da indústria solar pode também levar ao desenvolvimento de novas tecnologias e inovações, reduzindo ainda mais o custo das instalações solares.

Benefícios de investir em energia solar para além dos retornos financeiros

O investimento em energia fotovoltaica pode proporcionar inúmeros benefícios para além dos retornos financeiros. Nesse sentido, a utilização da energia solar pode reduzir as emissões de carbono, tornando-a uma opção sustentável e amiga do ambiente, a instalação de sistemas fotovoltaicos pode também aumentar o valor das propriedades, tornando-o um investimento que vale a pena a longo prazo.

Dessa forma, a utilização de energia solar pode reduzir a dependência de combustíveis fósseis, tornando-a uma fonte de energia fiável.

Além disso, esse investimento também pode proporcionar um sentido de responsabilidade social, uma vez que o investimento contribui para um futuro melhor para o planeta. Portanto, o impacto positivo no ambiente e na economia torna-o um investimento que vale a pena para aqueles que querem fazer a diferença.

Benefícios de investir em energia solar para além dos retornos financeiros

Conclusão: O Papel da Energia Solar na Criação de um Futuro Mais Brilhante

A energia solar é uma fonte promissora e renovável que oferece numerosos benefícios, incluindo retornos financeiros, sustentabilidade ambiental, e impactos econômicos positivos. Como consequência, o crescimento da indústria solar levou ao desenvolvimento de novas tecnologias e inovações, tornando-a uma opção de investimento viável para governos, empresas e indivíduos.

Dessa forma, o investimento em energia solar pode proporcionar benefícios a longo prazo, incluindo economia nas contas de luz, créditos fiscais e aumento do valor da propriedade.

Para além dos retornos financeiros, a utilização da energia fotovoltaica pode reduzir as emissões de carbono, aumentar a responsabilidade social e contribuir para um futuro melhor para o planeta. Portanto, a medida que o mundo se torna mais consciente do impacto das atividades humanas no ambiente.

Clique aqui e saiba mais, sobre como investir em energia solar.

Como funciona a homologação de energia solar? Saiba tudo sobre!

Homologação em energia solar

Como funciona a homologação da energia solar?

A homologação de energia solar de um imóvel é realizada junto à concessionária de energia elétrica e é uma tarefa obrigatória para verificar (e atestar) as especificações do sistema instalado na sua residência.

E é claro que surgem dúvidas sobre o assunto. Por exemplo: quem pode homologar energia solar ou quanto tempo demora a homologação para instalação da energia solar?

São questões naturais — afinal, a energia solar ainda está em crescimento no país. Mas são igualmente simples de responder, e você pode ficar por dentro de tudo sobre o assunto, basta seguir com a leitura deste post!

O que é a homologação de energia solar?

A homologação de sistemas fotovoltaicos é um procedimento realizado pela sua distribuidora de energia e que tem a ver com a fiscalização do seu sistema solar instalado.

Com isso, são verificadas todas as especificações e normas de segurança que constam nas resoluções sobre o assunto no país — como é o caso da Resolução Normativa nº 687/2015  da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

É um procedimento burocrático, mas simples de resolver. Já vale adiantar: você não pode fazer tudo por conta própria.

Quem pode homologar energia solar?

O primeiro passo para homologar sua produção de energia solar acontece em um acordo com a empresa de instalação do sistema de energia solar.

Isso porque, a instalação desse tipo de solução no país só pode ser feita por pessoas qualificadas. E é a partir dessas informações que as especificações são apresentadas e seguidas à risca durante a implementação do projeto.

Em seguida, você já pode entrar em contato com a sua concessionária de energia. Para tanto, já recomendamos que você tenha em mãos os seguintes documentos:

Os formulários em questão devem ser protocolados na distribuidora, assim como a documentação anteriormente mencionada.

Dessa maneira, você já deu um passo importante para aproveitar ao máximo os benefícios da energia solar na sua residência.

Qual a importância da homologação de energia solar?

A homologação do sistema de energia solar tem grande valor agregado.

Primeiramente, porque são etapas que promovem a segurança dos técnicos ao instalar o sistema fotovoltaico na sua residência — e, posteriormente, zelando pela integridade dos consumidores do imóvel.

Além disso, o procedimento visa garantir o funcionamento ao longo do extenso ciclo de vida útil dos painéis solares — que podem chegar a até 30 anos, aproximadamente. Com a regulação desse tipo de produto, você garante, então:

É por meio da homologação, inclusive, que você consegue converter o excedente de energia produzida em créditos solares.

Veja também: como ganhar dinheiro com energia solar

Como funciona a homologação de energia solar? Saiba todos os passos do processo!

Como funciona a homologação de energia solar? Saiba todos os passos do processo!

1. Solicitação de conexão

A solicitação de conexão começa com um passo que já mencionamos anteriormente, ao destacar quem pode homologar a energia solar.

É aqui, então, que você entra em contato com a concessionária de energia e reúne para enviar, em seguida, toda a documentação solicitada para abrir o processo.

2. Análise do projeto pela concessionária

A concessionária solicita, como padrão, um prazo máximo de 15 dias para avaliar todo o projeto técnico do imóvel. Só assim, a autorização é concedida para que a instalação do sistema fotovoltaico tenha início.

3. Instalação do sistema de energia solar

Seguindo à risca o planejamento previamente estabelecido com os profissionais qualificados para o trabalho, a instalação do sistema de energia solar se inicia.

Vale lembrar que esse processo não demora um prazo específico para a conclusão — cada projeto tem as suas características e essas questões são apresentadas durante o próprio planejamento do trabalho.

4. Solicitação de vistoria técnica

Nesta etapa, a solicitação de vistoria técnica é realizada para que sejam identificados todos os pontos de instalação e, consequentemente, assegurado que todos estão em alinhamento com as exigências das normas regulativas.

Bom destacar que o pedido de vistoria também é passível de um prazo para o agendamento e a visita da empresa instaladora.

5. Realização da vistoria

No geral, a vistoria ocorre em até 7 dias úteis, aproximadamente, após concluída a instalação do sistema de energia solar.

Podem existir, aqui, algumas necessidades de ajustes pontuais e averiguações que demandem novas etapas de execuções. Mas apenas se existir algum fator de atenção durante toda a vistoria.

6. Concessão do relatório

Um relatório de pendências pode ser realizado pela distribuidora em um período de 5 dias, em média. Não havendo impeditivos — ou seja: se não existir objeção da distribuidora e existir um parecer de que está tudo sob controle, o aval pode ser concedido.

7. Homologação do uso do sistema de energia solar

Antes de concluir a homologação de energia solar na sua residência, contudo, é necessário concluir outra etapa: a substituição, por parte da concessionária, do seu medidor por um bidirecional.

É a partir daí que você dá início efetivo à geração de energia solar na sua residência.

Quanto tempo demora a homologação para instalação da energia solar?

Quanto tempo demora a homologação para instalação da energia solar?

Se tudo ocorrer dentro dos prazos estabelecidos e não existirem imprevistos ao longo da condução da instalação, a homologação de energia solar pode ocorrer em pouco mais de um mês — não chegando a 45 dias em boa parte dos casos.

Mas vale lembrar que cada caso é um caso e suas particularidades podem afetar nesse prazo acima estimado.

Conclusão

Portanto, conhecendo o preço do sistema de energia solar, você pode fazer as contas e avaliar os benefícios dessa decisão.

Afinal de contas, o processo pode levar um tempo entre o planejamento e a homologação de energia solar para a sua consequente instalação. Mas em pouco tempo a economia proporcionada tende a oferecer um retorno significativo do seu investimento.

Assim, esperamos que as dicas aqui tenham sido de grande ajuda para você. E conte conosco para tirar qualquer dúvida que ainda tenha sobre o assunto!

Quer dar um passo importante rumo à geração de energia renovável? Conheça nossa solução por meio da fazenda solar!

Qual o preço de um sistema de energia solar? Entenda tudo sobre

preço de sistema de energia solar

Você sabe dizer qual é o investimento necessário — ou seja — o preço de um sistema de energia solar?

Será que é realmente caro montar um sistema para captar energia solar?

A instalação de sistemas fotovoltaicos em empresas e residências para captação de energia solar não para de crescer. E tem se difundido fortemente no Brasil e também em outras partes do mundo.

Afinal, são inúmeros os benefícios que a energia solar pode oferecer. Por exemplo: a economia na conta de energia e a preservação do meio ambiente. Pois estamos falando de uma energia limpa e que não polui ou causa impactos ao meio ambiente para ser gerada.

No entanto, muitos ainda acreditam que apesar dos seus benefícios, trabalhar com a energia solar não é viável em função do investimento necessário para a instalação dos sistemas fotovoltaicos.

Mas, afinal, será mesmo que o preço para ter um sistema de energia solar é elevado a ponto de não compensar o investimento ou tornar difícil a sua instalação?

Podemos garantir que não, o preço de um sistema de energia solar vem caindo bastante em função da difusão da tecnologia e de incentivos governamentais.

Deseja saber mais sobre o assunto e tirar duas dúvidas? Continue conosco e acompanhe este conteúdo até o final!

Como funciona um sistema de energia solar?

Antes de explicar o preço de um sistema de energia solar, vale recapitular o básico desse tipo de geração de energia.

Embora exista muita tecnologia e aplicação teórica, o processo é fácil de ser explicado. E começa com a captação de luz solar por meio de módulos fotovoltaicos que transporta a matéria até o inversor solar.

É lá que ocorre a conversão em um tipo de energia com características similares às usadas na rede elétrica. Até por isso, é sempre recomendável que exista bastante incidência direta de luz natural nos painéis solares. Isso facilita e favorece a geração de energia.

Após essa etapa, a energia já convertida é enviada ao quadro de luz dos imóveis e você pode usar a energia solar para qualquer atividade que demande o uso de energia elétrica.

Vale destacar, ainda, que você vai utilizar um novo tipo de relógio de luz — um que consegue calcular o quanto da energia que vem da rua é consumida (quando não é produzia energia solar, por exemplo) e o quanto você não utilizou de energia solar.

Assim, esse excedente é encaminhado à rede distribuidora de energia elétrica e pode ser convertido em créditos solares que têm uma validade máxima de cinco anos.

Quantas placas solares são necessárias para gerar 400 kWh?

É sempre importante contar com a implementação profissional de um sistema desses. Assim, o preço de um sistema de energia solar se torna alinhado às características do seu imóvel, especificamente.

Até por isso, é necessário saber, em média, qual é o seu consumo mensal para entender o quanto de energia solar você precisa produzir por meio dos painéis.

Contudo, vale analisar que, em média, um local que consuma cerca de 300 kWh por mês, no país, necessite de pelo menos 8 placas solares. Isso é o suficiente para atender ao consumo de uma residência com consumo mensal de 300 kWh, no Brasil. E também pode gerar uma economia de até 95% na conta de luz todos os meses.

Portanto, espere a necessidade de usar entre 8 e 10 placas solares para gerar 400 kWh.

Quantas placas solares para gerar 500 kWh?

Nessa média citada acima, dá para ter uma noção similar de ideia do preço de um sistema de energia solar também.

Por isso, imagine que você vai precisar de algo em torno de 12 a 16 placas solares para gerar 500 kWh para o seu imóvel.

Isso porque, cada painel solar consegue gerar entre 24 e 40 kWh ao mês. Isso tudo vai depender de alguns fatores, como:

Entre outros elementos que influenciam no preço de um sistema de energia solar e na eficiência de captação da luz do sol.

Quantas placas solares preciso para gerar 600 kWh?

Com base nas informações anteriores, também descobrimos quantas placas solares você precisa para gerar 600 kWh: pelo menos 15 unidades, tomando como consideração os fatores que vão exigir mais ou menos placas a serem instaladas no seu imóvel.

Qual o preço de um sistema de energia solar?

Qual o preço de um sistema de energia solar

Como deve ter dado para perceber, o preço de um sistema de energia solar é variável. Ou seja: depende de uma série de fatores para garantir um orçamento justo e alinhado às suas necessidades e objetivos.

E você pode ter ao menos uma ideia aproximada desse investimento. através de um simulador com valores aproximados do preço para ter um sistema de energia solar, com base no valor da sua conta de energia.

Simulações

1. Valor da conta de energia: R$ 350

2. Valor da conta de energia: R$ 500

3. Valor da conta de energia: R$ 1.002,00

Os valores são estimados e podem sofrer alterações. Mesmo assim, servem como base inicial para que possamos analisar se realmente é vantajoso ter um sistema solar.

Observe que, em todos os exemplos, em menos de 5 anos o investimento na instalação de um sistema de energia solar é completamente pago pela economia na conta de luz.

Um consumidor que paga cerca de R$ 500 mensais em despesas com energia elétrica pode acumular aproximadamente R$ 5.000 em economia já no primeiro ano. E mais de R$ 350 mil ao longo de 25 anos.

Sem dúvidas, uma economia gigantesca que permite o uso dos recursos economizados ao longo dos anos para outras finalidades. Imagine poder destinar esses recursos para outras áreas de desenvolvimento de uma empresa, por exemplo?

Na prática, os exemplos demonstram que o preço para ter um sistema de energia solar não é caro, principalmente quando levamos em consideração toda a economia gerada.

Quanto custa um kit de energia solar residencial?

O kit solar fotovoltaico residencial pode ter voltagem de 110 V ou 220 V, vários tamanhos e preços que variam de acordo com a quantidade de placas solares.

Mas o valor do kit completo, somado à instalação, é de R$ 15.818,78, no mínimo. Isso tudo, considerando o investimento para um imóvel cujo consumo médio mensal é de 186,3 kWh.

Os valores de kits (sem a instalação) mais comuns de energia solar fotovoltaica, tanto para residências populares, empresas e imóveis maiores, são os seguintes:

Vale também fazer um comparativo com base no valor médio de um só painel de energia solar. Em geral, uma unidade com 330 Watts custa, aproximadamente, R$ 849.

Posso financiar a instalação de um sistema de energia solar?

Você reconhece a economia gerada por um sistema de energia solar, concorda que os benefícios e a economia gerada são muito inferiores ao preço do sistema, mas não dispõe do investimento necessário para aquisição do sistema?

Para casos como o seu, dispomos de opções de parcelamento e financiamento a juros baixos que podem facilitar a aquisição do seu sistema solar.

Com um bom plano de parcelamento ou financiamento, você paga o seu investimento com a própria economia gerada na sua conta de energia!

Aproveite os benefícios e a economia gerada por um sistema de energia solar! O preço de um sistema de energia solar não se compara a economia que você poderá garantir!

Benefícios dos sistemas de energia solar

Agora que você já sabe qual o preço de um sistema de energia solar é hora de conferir os principais benefícios que esse tipo de sistema pode oferecer.

Benefícios dos sistemas de energia solar

Economia nas despesas com energia

Um dos benefícios mais significativos da energia solar é a capacidade de gerar sua própria energia e compensar parcial ou totalmente a eletricidade que compra da concessionária.

Um sistema solar dura de duas a três décadas. Isso significa que você vai ter ao menos uma ou duas décadas de energia gratuita depois de pagar por todo o sistema de energia solar.

No entanto, além da economia, podemos listar outros benefícios, confira!

Reduz suas emissões de carbono

A energia limpa e natural aproveitada pelo seu sistema solar compensa a energia que você normalmente compra das concessionárias locais.

Na maior parte, os serviços públicos locais causam um grande impacto decorrente da geração, transporte e distribuição de eletricidade.

Por sua vez, ao usar painéis solares para gerar sua própria eletricidade, você compensa uma parte dos gases de efeito estufa que é associado ao uso de combustíveis fósseis. O que reduz, consequentemente, a sua parte no impacto ambiental.

Aumenta o valor da sua casa

Casas com energia solar estão se tornando consideravelmente mais atraentes sob a ótica dos compradores.

Diante disso, instalar painéis solares pode aumentar o valor de revenda de uma propriedade de forma significativa.

Você pode armazenar energia

Um sistema de armazenamento de bateria solar pode fornecer energia de reserva para que você mantenha seus eletrodomésticos em funcionamento até mesmo durante a noite. Dessa maneira, você torna a sua residência independente da concessionária, e de imediato.

Com uma bateria solar, você pode manter seus aparelhos essenciais ligados durante uma interrupção prolongada.

Isso vale mesmo você estando em localidades com um clima mais ameno. Afinal, as baterias solares permitem o armazenamento e o uso da energia solar quando necessário, gerando economia.

Conheça as soluções de sistema de energia solar da Maya Energy!

Deu para ver que o preço de um sistema de energia solar é flexível, gera retorno financeiro do seu investimento e tem muito valor agregado, certo?

Agora, só falta você identificar o melhor parceiro para esse tipo de solução: e é por isso que convidamos você a conhecer melhor a Maya Energy, a maior startup de energia limpa do Brasil!

Nosso propósito é disseminar o acesso à energia solar no país, levando praticidade, acesso facilitado e economia em todo o processo — seja para comércios ou residências. O que traz os benefícios mencionados anteriormente, como economia de até 99% com custos de energia elétrica, uma solução de fácil instalação e vida útil elevada, e poder de valorização do seu imóvel.

Venha descobrir o quanto o preço de um sistema de energia solar pode ter tudo a ver com o  seu orçamento! Para isso, fale com um de nossos especialistas e solicite um orçamento sem compromisso!

Conclusão

Vimos, ao longo deste artigo, que você não perde dinheiro ao investir em uma energia limpa. Pelo contrário: independentemente do preço de um sistema de energia solar, o seu investimento tem um retorno garantido ao longo do tempo.

O que proporciona apenas benefícios na sua decisão. E esperamos que, ao longo dos tópicos em que direcionamos uma média de custos para esse investimento, você comece a planejar os próximos passos para implementar e instalar os painéis de energia solar no seu empreendimento ou residência.